• Redação Skyenergy

AICON

Atualizado: 12 de jul. de 2020

Futuro Fascinante.


O Audi Aicon é um carro conceito sem volante, sem pedais, e muitas outras coisas. Ao invés disso, este conceito traz um estudo de estilo, de design único e muita tecnologia; um conceito para mobilidade de um futuro próximo. Feito para revolucionar, este conceito possui muito espaço e liberdade pra dar.


"O Aicon é o carro conceito mais radical que a Audi já construiu... é por isso que a fase conceitual foi particularmente intensa. Nós trabalhamos ao estilo de uma startup e começamos pensando sobre o que o luxo representa para nós. A resposta foi, muito espaço. Então nosso enfoque foi se aprofundar e discutir como poderíamos projetar este espaço para fazer os passageiros se sentirem realmente à vontade dentro dele." diz Christian Becker, coordenador e responsável pelo design de interiores.

Apresentado no salão IAA - Internationale Automobil Aussterllung - Salão Internacional do Automóvel de Frankfurt de 2017, este carro conceito de 5,444 m de comprimento, 3,479 m de entre eixo, 2,100 m de largura e 1,506 m de altura, foi pensando de dentro para fora, funciona de forma autônoma em nível 5, sem motorista e com muito conforto e espaço para seus ocupantes. Em seu interior, é mais larga na altura da cabeça, onde as janelas laterais se inclinam de forma a criar um ângulo. Em seu exterior, uma aresta corre ao longo do vidro onde seus segmentos se encontram, uma novidade se falando em design automotivo. Com linhas elegantes, arcos de roda musculares e rodas de 26 polegadas, enfatizam seu DNA Quattro de tração nas quatros rodas.



Aicon liberta seu usuário das complexidades das tarefas de condução, ao mesmo tempo que torna tudo muito mais fácil. Volantes, alavancas e botões foram totalmente eliminados. Suas informações são fornecidas por meio de uma tela frontal central, lateral que percorre pelas quatro portas e pelo projetor virtual no para-brisa. As telas são touch - sensível ao toque, podem responder aos seus comandos de voz e usam rastreamento ocular, este último, tecnologia dos computadores de mesa que a Audi introduziu no Aicon. Uma pequena câmera detecta a área da tela frontal na qual o ocupante está olhando e a função mostrada ali é ampliada. E para ativá-lo, o passageiro bate o dedo no acabamento de madeira, também sensível ao toque.

"Os passageiros também podem usar o controle de gestos para ativar a iluminação especial, como uma luz de leitura, e podem escurecer o teto sob a luz direta do sol." conforme Christian Becker, coordenador e responsável pelo design de interiores.

Com portas opostas que se abrem pra frente e pra trás, não possui a coluna B e facilita a entrada e saída do carro. A arquitetura dos assentos dianteiros são como um móvel clássico, uma espreguiçadeira em forma de concha de estofamento de cor clara, semelhantes a travesseiros, com superfícies quadriculadas e acolchoadas. Chamado por Becker de King´s Chairs - cadeiras do rei. Com o seu interior espaçoso, Aicon ainda consegue encontrar espaço para as bagagens, somando os compartimentos na dianteira e traseira que somam total de 660 litros.



Iluminação é um capítulo à parte. Utilizando tecnologia LED - Ligh Emitting Diode - Diodo Emissor de Luz, o carro conceito da Audi não possui faróis e nem lanternas traseiras. Em seu lugar possui superfícies de exibição totalmente digitais com centenas de segmentos de pixels* triangulares que iluminam de formas coordenadas. Essa tecnologia possibilita a reprodução de gráficos, animações e informações em todas as cores. Por exemplo, podemos simbolizar para os outros usuários da estrada que o carro está prestes a fazer uma conversão à direita, acelerando com imagem de ondas de luz que se movem pra cima e pra baixo, ou mesmo freando. Podendo até fazer contato visual com um pedestre e mostrar a ele que o carro o viu e está permitindo que ele cruze a rua.

"Em vez de faróis regulares, o Audi Aicon tem grandes superfícies de luz que podemos animar digitalmente de várias maneira que desejarmos." afirma Viktor Hahn, designer de iluminação.

O Audi Aicon ainda possui painéis de vidro no teto que podem alterar o seu nível de transparência total até o bloqueio dos raios solares através da aplicação de uma tensão elétrica. Os elementos de iluminação OLED integrados permitem a iluminação precisa do ambiente ou de uma iluminação uniforme em seu interior para facilitar a entrada ou saída do carro, por exemplo.


Por fim, um experiência de conforto e liberdade que só o Audi Aicon pode lhe proporcionar. Um carro de luxo autônomo que te busca na porta de sua casa e te leva ao seu destino. No caminho, o carro desliza a uma velocidade média de 130 km/h, praticamente em silêncio e com todos os confortos imagináveis. Com sua suspensão ativa a ar, tração nas quatro rodas, tornam este grande sedã tão ágil no trânsito da cidade quanto um carro pequeno. Aicon está equipado com quatro motores elétricos que geram 260 kW de potência e 550 Nm de torque, gerenciados individualmente em cada roda. As baterias armazenadas sob o piso, funcionam em 800 volts e armazena energia suficiente para uma autonomia de 800 km. Ele pode ser carregado em uma estação de recarga rápida, sendo 80% de sua carga carregada em 30 min, ou recarregada por indução AWC - Audi Wireless Charging.

*Pixel se originou da junção dos termos picture e element, e significa a menor unidade de uma imagem digital. Portanto um conjunto de pixels formam uma imagem.



Inspire-se - Skyenergy Vislumbrando um Futuro Eletrizante

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo