• Redação Skyenergy

ONE

Atualizado: 22 de mai. de 2021

Sua Primeira Obra Prima.


O Polestar 1 não perdeu em nada em relação ao seu conceito original, pra não dizer nada, apenas a grade dianteira não tem mais o emblema da Volvo. O símbolo da Volvo que se encontrava na grade dianteira foi substituído pela estrela da Polestar sobre o capô. Mas os elementos visuais são claramente Volvo como a assinatura luminosa “Martelo de Thor”, as lanternas traseiras em duplo “C” e o formato da grade dianteira.


O Polestar 1 terá um motor híbrido plug-in, isto é, um motor a gasolina de quatro cilindros em linha sobrealimentado com supercharger acionado mecanicamente adiciona torque de baixa a média velocidades no motor junto com o turbocompressor até 3500 rpm as rodas dianteiras. E na traseira temos dois motores elétricos que fornecem juntas uma potência máxima de 218 hp (160 kW) e torque de 480 Nm. Além disso, o Polestar 1 é equipado com o ISG - Integrated Starter Generator, um gerador de partida que adiciona 46 hp (34 kW) e 150 Nm de torque. Com tudo isso combinado, a potência máxima do motor a combustão, dos dois motores elétricos e o ISG - Integrated Starter Generator é de 600 hp e 1000 Nm de torque.


Combinado aos motores elétricos, e sua tração traseira, esse conjunto de engrenagem permitem a vetorização de torque - uma tecnologia trazido das corridas para combinar aceleração e estabilidade nas curvas. A vetorização de torque suporta o motorista com aceleração precisa em cada roda, para manter a aderência máxima na estrada e manter a velocidade durante as curvas; trazendo maior controle e prazer ao dirigir.



O carro vem com três baterias distribuída, uma no túnel central e duas na traseira, gerando 34 kWh, com alcance de 150 km em modo totalmente elétrico (NEDC). Este posicionamento único das baterias permite uma distribuição ideal de peso de 48% nas rodas dianteiras e 52% nas rodas traseiras.



A estrutura em fibra de carbono CFRP - Polímeros Reforçados em Fibra de Carbono foi batizado de Dragonfly, influenciou em muito o design do Polestar 1. Suas seções transversais do teto são finas, leves e rígidas, permitindo uma linha de teto baixa e elegante e uma combinação bela de design. Uma estrutura em CFRP colado de forma inteligente â parte inferior em aço, endurecendo a interface tradicionalmente fraca entre o piso intermediário e a estrutura traseira.


Praticamente todas as partes do corpo superior do Polestar 1, incluindo portas, capô e tampa da porta mala, são feitas de CFRP para máxima rigidez, rigidez de torção e leveza. Baixando assim seu centro de gravidade.



O spoiler traseiro ativo do Polestar 1 possui ajustes padrões e proporcionam downforce necessário em alta velocidade. Ele aumenta automaticamente a sua carga em velocidades acima de 100 km/h, e retrai em velocidade abaixo de 70 km/h, deixando assim o carro mais no chão.



O telhado de vidro panorâmico é outro detalhe no Polestar 1. Vem com um teto de vidro panorâmico fixo que se estende desde o topo do pára-brisa até a outra janela traseira. Um pequeno detalhe de requinte, luxo e bom gosto projetado pelos seus designs.



Em seu interior, a Polestar apresenta detalhes em couro artesanal e de fibra de carbono que se estende até a altura do painel de instrumentos. A precisão de ferramentas de última geração permite um ajuste e acabamento de alta qualidade. Na traseira, o 2 + 2 lugares oferece um compartimento requintado com detalhes em couro artesanal e integração de bom gosto do sistema de som high-end da Bower & Wilkins.




Inspire-se - Skyenergy Vislumbrando um Futuro Eletrizante

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

OPPO

MACH-E

ID.3