• Redação Skyenergy

919 VOLANTE

Atualizado: 12 de jul. de 2020

O Segredo do Sucesso do 919 Hybrid



O Porsche 919 Hybrid é o carro com o qual a marca alemã retornou ao Campeonato Mundial de Endurance e seu teste mais importante, as 24 Horas de Le Mans. Hoje vamos saber o que é que esconde uma das peças chave deste modelo, o volante que não é redondo e tem mais botões do que um controle remoto de uma televisão.


No total são 24 botões e seis seletores diferentes na parte de trás . Por que não é redondo? A razão está na estatura dos pilotos, uma vez que os mais altos, como Mark Webber ou Brendon Hartley, tiveram dificuldades para fazer as trocas dos pilotos rapidamente, e nas 24 Horas de Le Mans, cada segundo é fundamental.



No centro do volante, uma tela fornece ao piloto informações sobre a velocidade, a marcha que está engatada, o programa do motor selecionado e a carga disponível das baterias de íons lítio. No canto superior esquerdo existe um botão que é usado para selecionar as informações que você deseja ver na tela, enquanto o brilho durante a noite é ajustado através do seletor que fica na mão direita.


Mas esses são obviamente os botões que os pilotos usam menos. Os mais usados ​​estão localizados na parte superior e no centro do volante. O botão azul no canto superior direito é o farol alto, essencial para avisar os pilotos mais lentos quando o Porsche 919 Hybrid pretende ultrapassar.



Se você pressioná-lo uma vez, ele dá três rajadas e, como dizem na Porsche, os pilotos o usam quase que constantemente, mesmo durante o dia, para que os outros pilotos o deixem passar. O botão seguinte, vermelho e localizado no canto superior esquerdo, é o "boost", impulso retirado da energia armazenada na bateria para ajudar nas ultrapassagens, mas seu uso deveria ser racionado porque o regulamento estabelece uma quantidade máximo de energia elétrica por volta.


Por exemplo, nas 24 Horas de Le Mans você tem seis megajoules para cada volta. Com as cores amarela, azul e rosa localizadas no lado esquerdo e direito do volante, encontramos os botões para ajustar o controle de tração nos eixos dianteiro e traseiro, bem como os distribuidores de frenagem entre eles. Sua função é muito importante, mas eles não são usados ​​com tanta frequência quanto imaginamos.



Quando os pilotos precisam se hidratar, eles pressionam o botão laranja à esquerda, enquanto que com a contraparte à direita, eles colocam a caixa de câmbio em ponto morto. Se continuarmos a revisão dos botões, encontramos o vermelho da parte inferior esquerda. Isso ativa o limpador do pára-brisa, enquanto o vermelho da zona oposta ativa a velocidade limitada para entrar nos boxes.


No centro existem dois botões verdes. O da esquerda é para comunicações de rádio, enquanto o da direita é para confirmar os boxes que eles fizeram as mudanças que eles pediram no rádio. Essas mudanças na configuração do carro são feitas com dois botões giratórios chamados "Multi".



O da esquerda está disponível para as configurações ABC, enquanto o da direita é baseado em números. Os pilotos devem combinar ambos para selecionar os programas para o gerenciamento do motor ou o combustível que são conhecidos com combinações do tipo A2 ou B3 . Os outros três controles rotativos servem para pré-selecionar a distribuição de frenagem, o controle de tração para condições secas ou úmidas e o sistema híbrido.


Nas provas de resistência, a noite é um momento mágico, mas é também o momento em que tudo pode acontecer. Um problema é encontrar os controles do volante.



É por isso que os botões do volante no Porsche 919 Hybrid são revestidos com tinta fluorescente que se ilumina no escuro graças a uma lâmpada de luz negra localizada acima da cabeça dos pilotos. Até neste tipo de detalhe as corridas de resistência são diferentes, tudo tem que funcionar perfeitamente.


Mas vamos continuar revisando o volante, porque ainda não terminamos. Como é lógico, a estrutura básica do volante é feita de fibra de carbono, e nas áreas laterais onde o piloto segura, é usada borracha antideslizante. Através das aberturas dos dedos pode tocar seis seletores localizados na parte de trás.



As centrais são para mudanças de marcha. Puxar o da direita aumentará as marchas e o da esquerda para reduzir. Os seletores inferiores têm funções idênticas em ambos os lados e servem para operar a embreagem. No canto superior esquerdo tem a mesma função do botão "boost" vermelho de que falamos anteriormente. Simplesmente o comando é duplicado para cada piloto usar um ou outro, dependendo de suas preferências.


O último controle do volante é o seletor no canto superior direito que é responsável por iniciar a recuperação de energia. De acordo com a Porsche, quando esta função é acionada a sensação que se sente é como se o freio de mão estivesse ligeiramente engatado fornecendo energia elétrica à bateria através da energia cinética.



Tudo isso, resumindo, é o volante do Porsche 919. Agora se coloque nesta situação. Você correndo 24 horas de Le Mans, dentro de um Porsche 919 Hybrid por 12 horas de noite. A 300 km/h na grande reta Hunaudieres. Encontra um Gran Turismo mais lento a sua frente e você dá aquela rajadas de luz para ele abrir espaço. Logo depois temos a curva Mulsanne do seu lado direito se aproximando e você tem que mudar a configuração do carro. Qual comando você mudaria?


Inspire-se - Skyenergy Vislumbrando um Futuro Eletrizante

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo