• Redação Skyenergy

ENEL

A Maior Empresa Privada de Energia do Brasil.


A história da ENEL de origem italiana, e da Endesa uma empresa espanhola, se misturam aqui no Brasil até se fundirem numa mesma empresa a Enel Brasil que agora em junho de 2018 adquiri ao seu portfólio a maior empresa de distribuição de energia do Brasil.


Em 1944 é fundado a empresa espanhola Endesa. Atuava na distribuição de gás natural e, geração e distribuição de energia elétrica. Em 2006 sofreu uma oferta hostil de compra pela empresa E.On que foi bloqueado pelo governo espanhol por meio de restrições impostas pela Comissão Nacional de Energia (CNE) da Espanha. Em 29 de novembro de 2006 a comissão europeia julgou ilegais o bloqueio da CNE e em fevereiro de 2009 a Endesa passou a ser controlada pela estatal italiana Enel Spa fundada em 1962.


Em 2005 a história das duas empresas se confundem. A história da Enel no Brasil começou quase uma década antes em 1996, com a aquisição da distribuidora de energia elétrica Ampla em leilão de privatização. Novas aquisições foram realizadas ao longo dos anos, garantindo a ampliação e diversificação do portfólio.

No mesmo ano, a Enel Brasil foi constituída com o objeto de centralizar as participações societárias do grupo Enel no país e criar, por meio de uma holding, uma plataforma sólida de gestão dos ativos que preparasse a companhia para futuras. Uma holding que no momento já englobava ativos nos estados do Rio de Janeiro (Ampla), Minas Gerais (Ampla), Ceará (Coelce e Endesa Fortaleza), Goiás (Endesa Cachoeira) e Rio Grande do Sul (Endesa Cien).


Em 2007, a Enel SpA, controladora indireta da Enel Brasil, iniciou a consolidação de sua participação sobre a holding brasileira. Por meio de uma oferta pública de ações no exterior, a Enel SpA adquiriu a totalidade das ações de emissão da espanhola Endesa que na época acionista controladora indireta da Enel Brasil.


Em 2009, o controle da Enel SpA sobre a Enel Brasil foi ampliado, com a aquisição de 92,06% do capital social e votante da Endesa.


Em 2010 a holding, anunciava uma parceria com a Renault e a Nissan visando desenvolver a mobilidade elétrica em várias regiões, incluindo a América Latina, Itália e Espanha



Em 2014, a Enel SpA adquiriu por meio de uma operação de compra e venda de ações a participação da Endesa em sociedades na América Latina, o que incluiu a Enel Brasil. Desde então, a empresa espanhola foi excluída da estrutura acionária no país.


Em 2017 a Enel Brasil adquiriu a CELG Distribuição de Goiás. Aquisição de aproximadamente 94,8% do capital social da CELG, distribuidora de energia que opera no estado brasileiro de Goiás, pelo valor total de R$ 2,187 bilhões. Aumentando a base de cliente da Enel em sete milhões para dez milhões.


Em 2018, no início do mês de junho, a Enel Brasil fecha a compra de mais de 70% das ações da Eletropaulo por cerca de R$ 5,55 bilhões de reais, após uma oferta pública de aquisição pela companhia. De acordo com o despacho da Aneel, Agência Nacional de energia Elétrica, a Eletropaulo deverá enviar ao órgão documentos que comprovem a formalização da operação e como fica a situação da companhia após o negócio no prazo de até 120 dias.



Sempre na busca por expansão, a Enel Brasil já possui participações majoritárias em quatro distribuidoras de energia, Enel Distribuição Rio, Enel Distribuição Ceará, Enel Distribuição Goiás e agora a Eletropaulo; mais duas geradoras de energia, a Centrais Elétricas Cachoeira Dourada (CDSA), e Central Geradora Termoelétrica Fortaleza (CGTF), e uma transmissora Companhia de Interconexão Energética (CIEN). Juntas, todas as empresas representam aproximadamente 1% de toda a capacidade de geração de energia nacional e cerca de 8% do total de consumidores de energia do país.


E no mercado de geração de energia renovável, a Enel Brasil por meio de sua subsidiária Enel Green Power Brasil (EGPB) possui usina que conta atualmente com uma capacidade instalada total de 2.660 MW, dos quais 670 MW são de energia eólica, 716 MW de energia solar fotovoltaica e 1.270 MW de energia hídrica. Além disso, a empresa tem 172 MW de projetos de energia eólica e 103 MW de energia solar atualmente em execução.


A Enel Brasil é proprietária também das usinas solares como Complexo Solar Lapa, Parque Solar Horizonte, Parque Solar Nova Olinda e Parque Solar Ituverava.


Inspire-se - Skyenergy Vislumbrando um Futuro Eletrizante

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

AIWAYS

GRANSTUDIO